Inicio
Contactos
Orgãos Sociais
Serviços
Produtos
Genética
Concursos Holstein Frísia
Agricultor 2000
Restaurante
CONCURSO DE OUTONO
II Concurso Micaelense - Raça Holstein Frísia de Outono
RAÇÕES SANTANA
Fábrica Rações Santana
ADUBOS SANTANA
Adubos Santana
GENÉTICA
Genética 2016
PRODUTOS
CARTÃO DE SÓCIO
Cartão de Sócio/Vantagens
Vantagens e Protocolos
MAGAZINE HOLSTEIN
Magazine Holstein Internacional
Holstein Internacional APP
METEOROLOGIA
Previsão do tempo
Notícias

Governo regional pede reforço do envelope financeiro da PAC e do POSEI




O Secretário Regional da Agricultura e Florestas começou por afirmar que perante as propostas legislativas da reforma da PAC "somos impelidos a concordar com muitas das orientações e propostas", uma vez que quando se defende uma agricultura mais sustentável, produtos mais seguros e objetivos de estabilidade do mercado, melhoria da cadeia alimentar e objetivos de segurança da produção "estamos todos de acordo com esses objetivos".

Noé Rodrigues afirmou no entanto que apesar de concordar com as propostas para a nova Política Agrícola "retemos sinais contraditórios e que são denunciados pela proposta que a Comissão apresentou", que afetam o sector que na região é fundamental. "É uma região que tem merecido uma aposta constante por parte das autoridades regionais, dos agricultores e de todos que investem no sector. Isso tem dado resultados na região porque temos melhor agricultura e melhores agricultores mas o que é facto é que exatamente por isso é que ficámos muito apreensivos com as propostas da Comissão e principalmente quando se dirigem para uma liberalização do setor do leite", afirmou Noé Rodrigues que acrescentou que em contradição com o que é dito pelas propostas da PAC "abrem o mercado europeu a produtos do Mercosul com menores exigências e controlos quando do nosso ponto de vista seria importantíssimo reforçar esquemas de rotulagem de identificação de origem de produtos e também ter alguma iniciativa relativamente à formação de preços".

O Secretário Regional disse ainda que os Quadros Comunitários de Apoio têm tido grande impacto na região, "um impato positivo", e que por isso mesmo a região "não pode nem deve deixar por mãos alheias assuntos que lhe dizem respeito como a análise à reforma da PAC, a análise ao consenso que se vai criando relativamente às posições prioritárias que se devem apresentar".

Os desempenhos de produtividade estão à vista de todos, afirmou Noé Rodrigues, que afiançou tratarem-se de impactos positivos que a PAC disponibilizou aos Açores, de acordo com programas adequados aos agricultores açorianos e à realidade do arquipélago como instrumentos do primeiro pilar de adaptação da Política Agrícola e do POSEI.

Depois de traçar o quadro geral da agricultura na região, Noé Rodrigues disse entender que haja constrangimentos orçamentais atualmente que não são favoráveis a um bom envelope financeiro mas destacou que os Açores "vão ter um programa para os próximos anos 2014/2020 que vai vir ao encontro das expectativas que temos. O percurso que temos vindo a percorrer na agricultura açoriana e todos os trabalhos que irão desenvolver-se permitirão ter um bom envelope financeiro, e que permitam adequar a PAC à nossa realidade específica, com mercados muito pequenos", afirmou.

Noé Rodrigues defendeu que o Governo da República deve ter um plano para reforçar o envelope financeiro da PAC para os agricultores portugueses e, nessa medida, reforçar o envelope financeiro do POSEI nos Açores. O Secretário regional lembrou que Portugal está entre os 8 e os 8,5% abaixo da média dos subsídios europeus, o que o permite "reclamar o reforço do seu envelope financeiro ao abrigo das ajudas diretas da PAC".



Outras notícias ...

“A Associação Agrícola de São Miguel tem estatuto reivindicativo forte que é reconhecido”

Justa homenagem aos pioneiros da Associação Agrícola de São Miguel

Associação Agrícola de São Miguel soube corresponder aos anseios dos seus associados

“Os agricultores continuaram a investir nos momentos difíceis”

III Fórum do Turismo 2015

Jorge Rita diz que são necessárias mais medidas de apoio para os agricultores da região

“O leite dos Açores tem de ser pago de forma diferenciada porque é diferente do resto da Europa”

“Apoiar a agricultura é apoiar toda a economia dos Açores”

Federação Agrícola dos Açores presente em manifestação de produtores em Bruxelas

“Medidas anunciadas para o setor do leite ainda não são suficientes” afirma Jorge Rita

EDITORIAL
Presidente da AASM
Jorge Alberto Serpa da Costa Rita
NOTÍCIAS AASM
Jornal Agricultor em versão PDF
Jornal Agricultor em versão PDF
Edições anteriores:
40 ANOS AASM
Vídeos 40 Anos AASM
CONCURSOS
Concursos Micaelense - Raça Holstein Frísia
REVISTA HOLSTEIN
Revista Holstein
SUPLEMENTO
Suplemento do Jornal Agricultor em versão PDF
INFORMAÇÕES
RESTAURANTE AASM
Restaurante da Associação Agrícola
      Emails: aasm@aasm-cua.com.pt
      © 2015
- AASM :: CUA, Todos os direitos reservados
 Definir como Página Principal  |  Voltar para cima