Pág. Inicial
Contactos
Orgãos Sociais
Serviços
Produtos
Genética
Agricultor 2000
Restaurante AASM
RAÇÕES SANTANA
Rações Santana
ADUBOS SANTANA
Adubos Santana
GENÉTICA
Genética 2014
PRODUTOS
CARTÃO DE SÓCIO
Cartão de Sócio/Vantagens
Vantagens e Protocolos
MAGAZINE HOLSTEIN
Magazine Holstein Internacional
 
Notícias

O preço de leite não pode baixar com a sazonalidade




O presidente da Associação Agrícola de São Miguel, Jorge Rita, alerta que se as indústrias baixarem o preço do leite à produção na sazonalidade, os produtores poderão exportar genética e animais para fora da região, o que pode pôr em causa a produção de leite no futuro para as indústrias.

Em relação à estabulação permanente, Jorge Rita, defende que nos Açores os estábulos são exceção e não a regra já que a imagem de marca do arquipélago são os animais no pastoreio. Jorge Rita revela que os animais devem ser semi-estabulados em algumas épocas do ano, principalmente devido às condições climatéricas adversas ou à falta de alimento na pastagem, mas nunca uma estabulação definitiva, uma vez que os animais nas pastagens representam menos custos para as explorações, têm maior duração e menos problemas de sanidade

 

- Houve aumento do preço do leite à produção. É suficiente?

Jorge Rita - Não é suficiente, os custos de produção estão em alta como todos sabem. Sabemos a vida das indústrias e elas sabem que os custos têm vindo a subir de forma exponencial, estamos a falar concretamente na questão dos combustíveis, dos cereais e oleaginosas para rações, dos fertilizantes, dos juros e dificuldade de acesso ao crédito. O IRS e segurança social tiveram aumentos acentuados, com reflexos muito negativos no nosso rendimento. Por isso a indústria tem consciência que se está a fazer essas subidas é porque percebe que temos algumas dificuldades.

Registamos com agrado essas subidas e estamos convencidos que nos próximos tempos poderão acontecer mais subidas. Na parte da sazonalidade, é preciso que haja bom senso da indústria. Estamos esperançados que a Unileite, mais uma vez, tome uma posição firme e coerente com aquilo que têm sido os seus princípios como tem demonstrado ao longo dos últimos anos.

Estou convencido que a restante indústria terá de ter bom senso e equilíbrio em relação ao futuro do setor leiteiro na Região Autónoma dos Açores e concretamente na ilha de São Miguel. Quando todos os produtos que estão a ser transformados pela indústria têm escoamento, têm boa aceitação no mercado, têm sido reconhecidos com vários prémios e as próprias indústrias têm canalizado produtos para os vários mercados.

Mas se houver descida do preço do leite na sazonalidade, as indústrias não podem depois, responsabilizar-nos por qualquer medida que possamos tomar para minimizar os custos dos produtores e fazer com que haja falta de leite nos Açores, concretamente na ilha de São Miguel. Temos indústrias bem apetrechadas, muito bem apoiadas pelo governo regional, muito bem apoiadas pelo Quadro Comunitário de Apoio e basta ver o aproveitamento que tiveram desses mesmos apoios, e também queremos uma indústria que a montante olhe para os seus fornecedores, que são os produtores de leite, e tenha a consciência exata daquilo que tem de fazer em relação aos preços do leite para o futuro.

- Mas nos Açores o leite é mais bem pago que no continente?

J. R. - O preço do leite tem subido pela melhoria da qualidade do leite e isso é um grande mérito da produção. A nível nacional, de forma drástica tem havido descidas e os produtores de leite do continente estão a braços com uma falência eminente de quase toda a produção leiteira nacional.

A comparação com o continente é sempre subjetiva mas é bom que se faça uma comparação de forma realista. Porque nós estamos próximos do leite do continente, mas pela baixa e pela situação dramática que os produtores do continente vivem e não pela nossa situação muito favorável. As condições que existem na região em termos custos de produção versus receita pelo leite, ainda estamos numa situação muito difícil de sobreviver nos próximos tempos. Por isso houve alguns reajustamentos, uns mais justos que outros como a Insulac que aumentou o preço base para todos e que é uma forma correta de trabalhar.

Não podemos concordar com a Bel que até fez reajustamentos que não teve o efeito que desejávamos e discriminando sempre os pequenos produtores, que é uma situação impensável. Porque os pequenos não têm absolutamente mais custos na recolha porque esta já está concentrada em postos de receção, portanto não é aceitável numa altura destas uma indústria multinacional, com produtos de grande aceitação nos mercados, continue a fazer uma discriminação negativa perante os pequenos produtores.

É importante que as indústrias, quer a Bel quer a Insulac, tenham o mesmo tratamento para todos os produtores.

Se baixarem o preço na sazonalidade, vamos ter grandes dificuldades no futuro e tomaremos decisões rápidas que poderão dificultar mais tarde a atividade das indústrias, porque temos de salvaguardar o rendimento dos agricultores, que poderá passar por via de escoamento maciço de novilhas para fora da região. Porque neste momento existe uma grande procura e temos tido o sentido de responsabilidade de saber que existe uma indústria que tem uma grande capacidade instalada. Todos temos de pensar que se produzirmos menos, a indústria vai ter dificuldades na sua viabilização, portanto tem de haver bom senso da parte da indústria. A sazonalidade não deve se aplicar nos próximos tempos, porque precisamos de subidas e não de baixas.

- A Associação Agrícola de São Miguel sempre foi muito crítica em relação à estabulação nos Açores, mantém essa posição?

J. R. - Não estamos contra os estábulos, estamos contra a estabulação definitiva dos animais nas explorações, aí é que não faz sentido. Ressalvando que pode haver alguns casos concretos e objetivos em que haja essa necessidade, não podemos delapidar um património interessante que temos, que é a nossa imagem de marca, que são as vacas na pastagem. Tudo o que vem para além da pastagem, quer ao nível de rações que são as únicas matérias-primas que importamos são produções regionais, ou seja, a nossa produção e alimento das vacas é quase toda produzida na região e isso é uma boa situação quer ao nível do leite quer da carne.

A estabulação permanente tem a ver com a dimensão das próprias explorações, dispersão das parcelas, localização geográfica e com a introdução de novas vias de comunicação terrestres, principalmente a nível de São Miguel e Terceira. 

O que temos dito há alguns anos, e mantemos essa posição, é que a estabulação permanente não pode ser regra, só pode ser exceção.

O que aceitamos para algumas explorações já dimensionadas é a semi estabulação onde existe uma necessidade premente, principalmente no Inverno em que as condições climatéricas são adversas, de aproveitar da melhor forma os alimentos que se utilizam, como milhos forrageiros, os rolos de ervas, em que os animais devem ser alimentados em parques, durante a ordenha. Mas os animais não permanecem nesses parques mais de 4 horas diárias, que é praticamente o tempo de alimentação em simultâneo com a ordenha.

Na região o que nos interessa é que as vacas pastem o máximo de tempo possível, donde vem a nossa vantagem comparativa em termos de custos na exploração e em termos de competitividade e eficiência das explorações, sendo essa a imagem de marca nos Açores. Hoje em dia a construção dos estábulos feitos com os parques de alimentação, são um mal necessário.

Nós temos sido bastante críticos em relação à estabulação definitiva mas conhecemos a realidade dos Açores, por isso há que salvaguardar algumas exceções. Mas os lavradores têm de ter consciência que os animais têm que estar mais tempo na pastagem por várias razões, que têm a ver com menos custos, maior duração dos animais, menos problemas de patas e de sanidade dos próprios animais. Todos sabemos que os custos são muito mais reduzidos ao contrário do que se possa pensar.

- Mas o governo apoia a estabulação, deve haver cuidado na atribuição de apoios?

J. R. -  Temos de ser mais rigorosos nos apoios do Quadro Comunitário de Apoio e restringir a estabulação permanente, salvaguardando algumas exceções que têm de ser bem fundamentadas. Os apoios devem incidir essencialmente nas explorações que têm de crescer, de forma sustentável, mas tendo como base a alimentação no pastoreio.

Os incentivos que o governo criou vindos de Bruxelas, fez com que muitos agricultores aderissem e acabassem por fazer investimentos em parques de alimentação na região, numas ilhas mais do que outras, principalmente na Terceira.

Assim, temos de ter algum cuidado na estabulação permanente e não podemos nem devemos imitar alguns modelos que existem noutros países que alterem a nossa realidade.



Outras notícias ...

Inaugurado Parque de Exposições que vai dignificar a agricultura açoriana

Presidente do Governo cede gestão do Parque de Exposições à Associação Agrícola de São Miguel

Concurso Micaelense da Raça Holstein Frísia contribui para divulgação do potencial genético

XIII Concurso da Raça Holstein Frísia vai mostrar setor dinâmico e pujante

Assinatura do protocolo financeiro com a Caixa Agrícola dos Açores

Contas da AASM e CUA aprovadas por unanimidade

Associação Agrícola mais uma vez presente na Feira Nacional de Agricultura em Santarém

Associação Agrícola de São Miguel reivindica mais verbas do Posei

Jorge Rita reconduzido como Presidente da Federação Agrícola dos Açores

Jorge Rita atribui taxas de execução do PRORURAL ao dinamismo dos agricultores

Novo PRORURAL+ apresentado na Associação Agrícola de São Miguel

Secretário destaca envolvimento de todos na elaboração do PRORURAL+

Reunião de Balanço com a Dra. Maria do Céu Patrão Neves realizada na AASM

VII Jornadas Agrícolas da Praia da Vitória

Visita a Braga e Espanha

Recorde na participação de jovens a preparar animais

Aprovação de novos projetos tem de ser mais rigorosa e em articulação com a produção

Contraste leiteiro é uma das melhores ferramentas à disposição dos agricultores

Entrega dos certificados de formação profissional 2013 e dos prémios do Contraste Leiteiro

Qualidade dos produtos lácteos provém da excelência das explorações” diz Luís Neto Viveiros

“O aumento do preço de leite e a diminuição do preço das rações é um sinal positivo”

Secretário de Estado da Agricultura garante que está empenhado na defesa dos Açores

Regime de Bens em Circulação alterado pelo Orçamento de Estado

Aprovados por unanimidade o plano e orçamento para 2014 da Federação Agrícola dos Açores

Maria do Céu Patrão Neves apela à participação na consulta pública do POSEI

Associação Agrícola de São Miguel presta homenagem a Hermano Mota

A Agricultura e a Caça

“Os apoios comunitários deveriam ser pagos o mais cedo possível” afirma Jorge Rita

Sessão de sensibilização sobre a gestão de resíduos em explorações agrícolas

O Leite dos Açores é de grande qualidade

Os desafios que se colocam à agricultura açoriana

Federação Agrícola reuniu-se com o Presidente do Governo Regional

BES dos Açores assina protocolo com Associação Agrícola de São Miguel

Diversificação e internacionalização como alavanca de crescimento da agricultura

Produção nacional de leite tem vindo a diminuir devido ao abandono do setor

Luís Neto promete “defesa intransigente” dos Açores na reforma da PAC

Universidade e Governo devem trabalhar em conjunto para ajudar o setor agrícola

Verbas não são suficientes para colmatar uma situação de grande défice de alimentos

Palestra técnica Prof. Leslie B. Hansen Universidade do Minnesota USA

Mais uma participação honrosa de São Miguel

Feira agrocomercial 2013 decorreu na Ilha Terceira

Subida no preço do leite veio dar razão à Associação Agrícola

Governo defende discriminação positiva perante o fim das quotas leiteiras

Associação Agrícola de São Miguel pede mais apoios de Bruxelas

Associação Agrícola de São Miguel marca presença na Feira nacional de Agricultura

Associação Agrícola presente em mostra de produtos em Bruxelas

Os produtos láteos estão em alta, por isso, a indústria tem de manter o preço do leite

Novas instalações da Cooperativa União Agrícola em Santana

Mais de quarenta jovens aprendem a preparar e a manejar animais

“Não acredito que o fim das quotas leiteiras leve ao fim progressivo do setor”

“Neste momento, a indústria não pode nem deve baixar o preço do leite” diz Jorge Rita

IVA BAIXA PARA OS AGRICULTORES

Curso de emparelhamento realizado em Santana

Cursos de higiene e qualidade do leite

Campanha leiteira 2012/2013

O preço de leite não pode baixar com a sazonalidade

Número de casos de leptospirose tem vindo a aumentar nos Açores

3º Relatório - Índices de Preços na Cadeia de Abastecimento Alimentar

Preços de leite Inverno de 2013

Campanha leiteira 2012/2013

PIB por Ilha

Governo Regional dá garantia de pagamentos em breve

Novo POSEI nada acrescenta ao leite e à carne

Grande homem

Equipa da Associação Agrícola de São Miguel eleva o nome dos Açores em concurso internacional

Confraria Nacional do Leite

Seis Estados-Membros ultrapassaram a sua quota de leite

Campanha leiteira 2012/2013

Não serei o próximo Secretário Regional da Agricultura

Próximo Secretário Regional da Agricultura tem de reconhecer que setor é vital na economia

Protocolo - Associação Agricola de São Miguel e Caixa Económica da Misericordia de Angra do Heroísmo

Confraria do leite dos Açores

Preços de leite Inverno de 2012

4.ª edição do concurso nacional de melhor queijo 2012: Queijos dos Açores premiados

Leite distinguido pelo Conselho Mundial das Casas dos Açores

Antecipação de ajudas

Agricultura Açoriana presente em Bruxelas

Juiz espanhol destaca mudança notável nas vacas dos Açores

6º Curso de Preparadores de Animais

15ª Escola de Juízes para Julgamento da Raça Holstein Frísia

Encontro mundo rural 2012

Feira Nacional de Agricultura / Feira do Ribatejo 2012

Feira Agropecuária de Santa Maria 2012

Agroter 2012 - XII Exposição Agro-comercial da ilha Terceira

Federação Agrícola dos Açores pede discriminação positiva à Ministra da Agricultura

Jorge Rita pede mais reivindicação em Bruxelas

Descida do preço do leite uma afronta à lavoura micaelense

José Sousa Uva " quadro de apoios é favorável à continuidade da agricultura nos Açores"

“Não há futuro na agricultura sem PAC” afirma Capoulas Santos

Governo regional pede reforço do envelope financeiro da PAC e do POSEI

Luís Paulo Alves diz que orçamento será principal dificuldade da reforma da PAC

Preços de leite Verão de 2012

Curso de sanidade de bovinos

A indústria não deve nem pode baixar o preço do leite

Parque de Exposições estará concluído no próximo ano

Presidente do Governo elogia produção leiteira na região

Jorge Rita defende mais verbas da PAC para a Região

Prémio produtor excelente 2010

Palestras sobre problemas podais e qualidade do leite

“Temos consciência que a austeridade pode ter reflexos na agricultura”

Associação Agrícola de São Miguel reivindica nova linha de crédito para o setor

Governo anuncia novo resgate leiteiro

Entrega de Certificados 2011

Qualidade bem evidente no contraste leiteiro

Curso de emparelhamento com presença de muitos jovens

A CAP não dá como perdida a guerra das quotas leiteiras

CAP elogia agricultura do arquipélago dos Açores

Associação Agrícola presente na Frilac

Concurso nacional de melhor queijo 2011: Queijos dos Açores em destaque

As indústrias tinham obrigatoriamente de subir o preço do leite

Aprovada autorização da transmissão do terreno para o novo parque de exposições

Preços de leite Inverno de 2011

Jorge Rita novamente eleito com votação expressiva

Feira Agrícola Açores 2011

Visita às instalações da Cooperativa Agrícola da Costa Norte

“Entrada de produtos da América do Sul na Europa pode ser o fim do património agrícola”

Conselho Regional da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural

5.º curso de Preparadores de Animais

Sócios aprovam por unanimidade resultados da Cooperativa União Agrícola e da Associação Agrícola

“POSEI deve ser reforçado e melhorado”

Animais escolhidos com rigor para participar no X Concurso Micaelense da Raça Holstein Frísia

X Concurso Micaelense da Raça Holstein Frísia com novidades

Curso de Higiene e Qualidade do Leite

Curso de sanidade de bovinos

Para além de manter a sazonalidade a indústria tem de aumentar ainda mais o preço do leite

Homenagem a Rosado Fernandes

Preços de leite Inverno de 2011

Recenseamento Agrícola 2009 dados preliminares por Regiões

Comissão propõe novas medidas para melhorar a estabilidade do sector leiteiro

Curso de Alimentação e Maneio de Bovinos

Agricultores precisam de ser motivados com um rendimento adequado

Produtores micaelenses esclarecem dúvidas sobre futuro da PAC

Associações Agrícolas dos Açores no Parlamento Europeu

Associação Agrícola presente na Agrovouga 2010

Três Estados-Membros estão sujeitos a ter de pagar imposições no valor de 19 milhões

Preços de leite - Inverno de 2010

Concorrência desleal da Sinaga

Preços de leite Inverno de 2010

Melhoria de infra-estruturas agrícolas no perímetro agrícola da zona central da ilha

Visita da eurodeputada Ilda Figueiredo

Leilão de Novilhas

Animação com cantigas ao desafio

A indústria tem condições para aumentar o preço do leite

Federação Agrícola exige linha de crédito para cooperativas de comercialização de produtos agrícolas

Preços de leite - Verão de 2010

Serviço de contabilidade agrícola

Participação honrosa dos animais de São Miguel na Feira Açores 2010

Sócios aprovam por unanimidade resultados da Cooperativa União Agrícola e da Associação Agrícola

Há uma melhoria notável em termos de genética

Grupo de alto nível apresenta 7 recomendações para o sector leiteiro da União Europeia

Campanha leiteira 2009/2010: Açores produziram mais 1,96% que na campanha anterior

Fim das quotas leiteiras pode ser contornado com apoios majorados para a Região

Lavoura lamenta ausência dos principais responsáveis do Governo

Importância da agricultura nas sociedades modernas

Desafios da Política Agrícola Comum de futuro

Impacto da agricultura no contexto sócio-económico

Modelo de desenvolvimento rural nos Açores

Produção e comercialização: sector da carne bovina

Perspectivas de futuro para a diversificação agrícola nos Açores

Características e potencialidades da fileira do leite na região

Condições mais vantajosas para sócios no BES/Açores

Associação Agrícola defende futuro do leite com discriminação positiva

Trinta jovens aprendem a manejar animais

Novas descidas do preço do leite à produção “são um drama”

Lavoura solidária angaria cem mil euros para ajudar o Haiti

Carta da Cruz Vermelha Portuguesa

Lavoura quer cenários alternativos à abolição das quotas

Ajuda para a reestruturação do sector do leite deveria ser dada directamente aos produtores

Sócios aprovam unanimemente Plano de Actividades e Orçamento para 2010

Balanço do ano 2009

Assinado protocolo com a Mitsubishi Motors de Portugal, S.A.

Apoio excepcional para o sector do leite e produtos lácteos

Utilização obrigatória de quota leiteira de 70% continuará em 2010/2011

Decreto Legislativo Regional de controlo de roedores

Campanha leiteira 2009/2010

Calendário Indicativo das Ajudas (Prorural e PDRu)

Calendário Indicativo das Ajudas (POSEI)

“Para a produção este ano tem sido dramático”

Recenseamento Agrícola 2009

Como controlar os ratos?

Associação Agrícola presente na Agrovouga 2009

Campanha leiteira 2009/2010

Dados da colheita de beterraba sacarina em 2009

“Associação Agrícola gere o processo do milho para não haver aproveitamentos”

Língua Azul impede participação de novilhas dos Açores no Concurso Nacional em Aveiro

Leite: cinco Estados-Membros poderão ter de pagar imposições

Importância da formação reconhecida

Partidos políticos reconhecem problema do fim das quotas leiteiras

Associação Agrícola distinguida com Medalha de Ouro

Associação Agrícola garante estabilidade no sector da carne

Infra-estruturas agrícolas são fundamentais no desenvolvimento da agricultura dos Açores

Construção de scuts em São Miguel

Comunicado da Comissão Europeia sobre o mercado de lacticínios

Aconteceu

As verbas vindas de Bruxelas têm de ser um balão de oxigénio para a lavoura

Sócios aprovam por unanimidade resultados financeiros

Portugal não atinge a sua quota leiteira em 2008/2009

Noto um bom nível de formação dos produtores

Indústria é responsável pelo sufoco da lavoura

Preparação dos agricultores garante prémios a nível nacional

Quotas Leiteiras Perído de Abril a Fevereiro de 2009

Jovens interessam-se pela preparação de animais

“Em tempo de crise a agricultura volta a ter papel essencial”

Jorge Rita reeleito Presidente da Assembleia Geral da Associação Portuguesa

Colóquio: “Programa de controlo e prevenção de mamites (Maxileite)”

Serviços de aconselhamento e acompanhamento técnico prestados aos agricultores pela AASM e CUA, CRL

“Ratos domésticos são os mais infectados”

Projecto “epidemiologia e controlo da leptospirose na Região Autónoma dos Açores”

Novo regime de incentivos à compra de terras agrícolas (RICTA)

Quotas Leiteiras Perído de Abril a Dezembro de 2008

Federação Agrícola pede mais investimento para a lavoura

Sócios aprovam Plano e Orçamento para 2009

Conselho Regional da Agricultura e Desenvolvimento Rural

Quotas Leiteiras Período de Abril a Novembro de 2008

Mercado do leite e dos produtos lácteos: a Comissão propõe medidas suplementares de apoio ao sector

“Região deve empenhar-se mais para garantir novos apoios a partir de 2015”

Jorge Rita integra comitiva da CAP na audiência ao Presidente da República

“Crise dificilmente chega aos industriais”

29.º CONCURSO NACIONAL DA RAÇA HOLSTEIN-FRÍSIA

Finalmente… Reposta justiça nos Abonos de Família

Quotas leiteiras

Prevenção e controlo são melhores remédios contra mamites

“Orgulho naquilo que é nosso é chave para sucesso da agricultura nos Açores”

Abonos de família: uma grande injustiça

Cantigas ao desafio

Apresentação dos corpos sociais da AASM e CUA ao Presidente do Governo Regional dos Açores

Eleições da AASM e CUA

Diferenciação no preço do gasóleo agrícola é fundamental

Gasóleo agrícola a metade do preço do continente

Escola de Juizes - Raça Holstein Frisia

“Evolução de há 10 anos para cá é incrível”

Boas práticas na produção de leite

Riscos biológicos

Produtos Fitofarmacêuticos

Associação Agrícola vende carne no continente

2005-2008 anos de afirmação da agricultura micaelense

“Era inevitável a Associação Agrícola voltar a presidir à Federação Agrícola”

“Animais açorianos podem chegar longe”

Região tem capacidade para produzir mais e melhor

“Vamos até às últimas consequências”

Secretário regional ao lado da lavoura

Importância da revisão da PAC nos Açores

Sector agro-pecuário “estrangulado” pela Europa

Especificidades dos Açores devem ser salvaguardadas depois de 2015

Grandes potências mundiais mostram-se dispostas a trocar leite por petróleo

“Regime de quotas protege a sustentabilidade da agricultura açoriana”

Criação de seguro de rendimento agrícola para “fazer face a imprevistos”

“Governo deve transferir funções para associações e cooperativas”

Sócios são determinantes no sucesso de Associações e Cooperativas

Licenciamento da explorações tem de se adequar às realidades regionais

Visita a caminhos de Água Retorta e Faial da Terra

Sessão de esclarecimento na Povoação

Órgãos sociais da ASDEPR para o período de 2008 a 2010

A venda de genética pode ser usada como pressão junto da indústria

Planos e Orçamentos para 2008 aprovados por unanimidade

1.º Leilão de Novilhas Gestantes da Raça Holstein Frísia

Ano de 2007 - Um ano de intensa actividade na Associação Agrícola de São Miguel

Lançamento do livro “Periferias e Espaços Rurais”

Noticias sobre o leite em Janeiro de 2008

Protocolo com a TMN

Preços Comparativos das Rações

Governo já propôs um aumento da quota leiteira nos Açores

5 prémios em 7 participações no 28º Concurso Nacional

PSP dá conselhos para evitar roubos nas explorações agrícolas

Líder nacional do CDS-PP esteve em Santana

Associação Agrícola presente com um stand na Agrovouga 2007

Duas Gerações, Paulino e José Ramón Badiola

Visita ao centro de embriões Bos

Dados da campanha de beterraba do ano 2007

Presidente da República manifestou optimismo no sector leiteiro

Associação Agrícola deixa preocupações a Cavaco Silva

Comissão Europeia estuda possibilidade de aumentar quotas leiteiras já em 2008

Almoço verdadeiramente regional para o Presidente da República Cavaco Silva

Governo regional coloca-se ao lado da lavoura

Associação Agrícola estava certa na tributação dos subsídios

A informática uma via ao desenvolvimento da agricultura

Caminhos: reivindicação constante

Para quê subsidios?

Instabilidade no Mercado de Matérias Primas para Rações

Protocolo entre a Associação Agrícola de São Miguel e a TMN

“Qualidade higio-sanitária do leite na óptica da rentabilização da exploração leiteira”

Uma forma de aperfeiçoar o melhoramento genético das nossas explorações

AASM reclama aumento mais de 10% no preço do leite

Feira Açores 2007

Colóquio em Santo António de Nordestinho

13 prémios em 14 participações na Feira Açores

VI Semana Cultural da Maia

Relatório e contas aprovados em Assembleia geral

Empresários agrícolas rendidos às novas tecnologias

Feira Agrícola - Um evento de reconhecimento internacional

É preciso vontade e capacidade política para resolver os problemas da lavoura açoriana

Já se começa a pensar a desratização de uma forma séria

A Importância dos Fundos Comunitários

Que Política Agrícola Comum para o futuro?

A Influência dos Custos de Produção nas Explorações

O Sector Leiteiro dos Açores

Governo quer apoiar certificação do leite

Jorge Rita no programa “Grande Entrevista” da Rádio Atlântida

Unileite sobe leite à produção

Aumento do preço de leite promete dar que falar no ano que agora se inicia

Fundos Comunitários importantes para o desenvolvimento do sector

Lavoura aguarda com alguma expectativa a aprovação do POSEIMA

Caminhos agrícolas no concelho da Ribeira Grande deram o mote para a reunião

Inauguração das novas instalações do edifício sede do Crédito Agrícola dos Açores

Cuidamos do ambiente

Presente e futuro da Agricultura em análise

Leptospirose: Um problema nos Açores

EDITORIAL
Presidente da AASM
Jorge Alberto Serpa da Costa Rita
NOTÍCIAS AASM
Notícias da AASM
Jornal Agricultor em versão PDF
Jornal Agricultor em versão PDF
Outras edições:
INFORMAÇÕES
RESTAURANTE
REVISTA
XII Concurso Micaelense - Raça Holstein Frisia
      Emails: aasm@aasm-cua.com.pt  ::  cua@aasm-cua.com.pt | Admin 
      © 2014
- AASM :: CUA, Todos os direitos reservados
 Definir como Página Principal  |  Voltar para cima